Liga Europa

Com futuros definidos, nenhuma surpresa

Na Lazio, até o reservaço Floccari (foto) jogou e deu show (Getty Images)

Equipes italianas já tinham futuro definido na Liga Europa – apenas Lazio e Napoli tentavam garantir a primeira posição. No fim das contas, apenas a equipe romana ficou com a liderança – Napoli e Inter ficarão no pote 2, para os sorteios dos 16-avos de final, enquanto a Udinese está fora. Acompanhe o resumo.


Maribor 1-4 Lazio                                         
No frio da Eslovênia, a Lazio “B” de Petkovic venceu o Maribor com facilidade e assegurou a primeira colocação no Grupo J da Liga Europa. Com vários titulares poupados, o treinador bósnio escalou um time alternativo, com Cana na defesa, por exemplo. A equipe biancoceleste aproveitou a fragilidade do adversário e abriu o placar com o chute por cobertura Kozak, aproveitando um ótimo passe de Ederson, aos 16 minutos. Três minutos depois, a Lazio ainda teve um gol de Floccari mal anulado.

Depois de meia-hora de jogo, os italianos ampliaram a vantagem com Radu, que cabeceou cruzamento de Hernanes e marcou seu primeiro gol com a camisa da Lazio. Em contra-ataque, aos 38′, Floccari recebeu passe de Ederson e marcou o terceiro do clube romano. Só no final da primeira etapa, os eslovenos reagiram: Filipovic chutou de fora da área e acertou o travessão, com Bizzarri já batido.

O quarto gol laziale veio logo aos seis minutos da segunda etapa. Floccari arrancou do meio-campo, colocou a bola entre as pernas do defensor e chutou bonito, marcando um golaço. Depois disso, o time de Petkovic tirou o pé do acelerador, mas, mesmo assim, levava perigo, principalmente com as jogadas de Ederson, que estava com bastante vontade de mostrar seu futebol ao treinador bósnio, mas era parado pelo goleiro Handanovic. No finalzinho da partida, o brasileiro Tavares fez bela jogada e marcou o gol de honra do Maribor. Ainda antes do apito final, Trajkovski obrigou Bizzarri a fazer boa defesa. Com a goleada, a Lazio o primeiro lugar do Grupo J, e agora aguarda o sorteio que definirá seu adversário no mata-mata da Liga Europa. (Cleber Gordiano)

Napoli 1-3 PSV

O Napoli apenas cumpriu tabela contra o PSV, no San Paolo. E foi novamente destroçado pela equipe holandesa: na 2ª rodada, 3 a 0 para o PSV; na última partida, 3 a 1. Walter Mazzarri não poupou Cavani para a partida da Liga Europa. O uruguaio, então, respondeu na bola. O time de Eindhoven saiu jogando mal, Donadel recuperou a bola e acionou o artilheiro, que tocou no canto direito de Waterman.

O caminhão de gols perdidos nos primeiros 20 minutos de partida – inclusos as boas chances de Cavani e Vargas – ajudaram na derrota, pois Matavz não perdeu chance alguma. A primeira veio em chute de Lens, que Rosati espalmou nos pés do camisa 9. Empate. A virada veio da mesma forma. Matavz, aliás, marcou o terceiro do PSV, que ficou na 3ª colocação do grupo ao final dos jogos (o AIK foi goleado pelo Dnipro). A partida foi mesmo para Mazzarri realizar alguns testes. Rosati, Bruno Uvini, El Kaddouri e Vargas, no entanto, não atingiram nota azul e vão ficar de recuperação. (Murillo Moret)

Inter 2-2 Neftchi

Num
jogo sem muitas pretensões, uma vez que a Inter já estava classificada
para a próxima fase e nem poderia retomar a liderança, enquanto o
Neftchi não tinha mais chances de se classificar, Andrea Stramaccioni
mais uma vez deu oportunidade para os garotos do time Primavera, assim
como alguns reservas. Como era de se esperar, faltou entrosamento, o
ritmo em vários momentos foi baixo, contudo, os 90 minutos valeram e
muito para alguns jogadores.

Como
é o caso de Marko Livaja. O atacante de 19 anos voltou a marcar na
Europa League, sendo responsável pelos dois gols válidos dos nerazzurri.
Primeiro, logo aos 9 minutos do primeiro tempo, completou o cruzamento
de Pereira. Depois, também aos 9 minutos, dessa vez pela segunda etapa,
foi a vez de Nagatomo servir o croata para voltar a colocar a Inter na
frente, já que Sadygov havia empatado dois minutos antes, em belo chute
de fora da área, sem chances para Belec. A Inter que teve um gol claro
de Livaja não validado e um pênalti não marcado em cima de Cassano ainda
viu Canales empatar para o time azeri no último lance do jogo, após
vacilo da defesa.

Além
de Livaja, os jovens Marco Benassi e Simone Pasa também tiveram boa
apresentação, garantindo alguns pontos com Stramaccioni. Andrea Romanò,
um dos líderes do time Primavera de Daniele Bernazzani, pareceu nervoso
ao jogar no Meazza, mas não prejudicou o desempenho do time, assim como
Luca Garritano, considerado uma das principais revelações da Inter nos
últimos tempos, que chegou a produzir alguns bons lances individuais.
Outro que ganhou alguns minutos foi o lateral-direito Andrea Bandini,
estreando pelo time profissional da Beneamata. (Arthur Barcelos)

Udinese 0-1 Liverpool

Com a aventura europeia encerrada para essa temporada e a
lanterna do grupo já garantida, restou a Udinese cumprir seu último jogo pela
Europa League. A melancólica partida ainda valia a confirmação da vaga para os
ingleses, por isso vieram com força total.

Para não correr o risco de sair com
uma goleada, Guidolin colocou quase todos os titulares, com exceção do goleiro
Brkic, do zagueiro Benatia e de Di Natale. E como se já não bastasse a derrota
parcial, com gol de Henderson, no primeiro tempo, o treinador bianconero ainda
viu Benatia, que havia entrado no segundo tempo sair machucado e aumentar a dor
de cabeça em relação à defesa do time friuliano. (Caio Dellagiustina)

Deixe um comentário